0

Petichismo (não confundir com petechismo)

Eu adoro animais: são curiosos, exóticos; têm uma maneira peculiar de ser, andar e se comunicar. Também adoro animais domésticos; sempre tive. Cheguei a ter aquário, calopsitas, hamsters, dois [...]

0

O futuro nos engoliu (e não vai cuspir de volta)

Sabe aqueles filmes e livros de ficção científica, que a gente chama de ficção, mas morre de medo que se tornem científicos? 1984, Matrix, 2001 Uma Odisséia no Espaço? Já passamos de longe as [...]

1

Pré-fascistas vs. Pós-fascistas (Choques Culturais 5)

– Atenção: contém escatologias políticas – Cheguei na Alemanha em 2006; pouquíssimo tempo após a queda de Hitler e do muro de Berlim. Era o ano da copa do mundo nesse país que, alguns [...]

0

Folhas secas

Folhas secas no chão Esfacelam estações Passagens sem volta A faces do tempo Ao ontem que atava O vento que as sopra No peito que traz O tronco em que brota O pulso da hora Potência – [...]

0

Hoje é dia de poema

Hoje é dia de poema, Mas sem ti me falta tema; Falta graça e até problema, Falta letra, falta esquema Que ampare, que alivie Mais um dia sem poema.

0

A morte é tão bonita

A morte é tão bonita: Não avisa que é vizinha, Nem que logo se aproxima; Deixa a vida infinita.

0

Se tu

Se tu me sonhas Eu te soo Se tu me adoras Eu me doo Se tu me asas Eu nos voo.

0

Pôr do sol

A cor que se põe É a dor que me sol.

0

Há dias

Há dias dia-a-dia, há dias cada dia. Alguns dias são assim bem dias; Dias diários que passam, Que se passam diurnos em vão. Outros dias são giorni, journées, Jornadas em que se entra para nunca [...]

0

A falta

A falta é buraco sem fundo em noz dura Em água corrente é força que fura Paredes, janelas e os mais altos muros Que forjam conforto em forma de lua Morada lá em cima fulgura aos olhos Teimosos [...]